inDrive aceita cartão de crédito, débito e até Pix; veja como pagar

Todo mundo já sabe que o inDrive é bastante competitivo, em relação ao seus concorrentes diretos, que são a Uber e a 99. Pelo fato de a maioria dos passageiros estar acostumada com as formas de pagamento dessas duas concorrentes, surge a pergunta: inDrive aceita cartão de crédito e débito?

De cara, já adiantamos que sim: o inDrive aceita no seu app todas as principais formas de pagamento (dinheiro, pix, cartão e maquininha), com exceção de saldo em conta (isso ainda não existe, até o fechamento deste artigo).

Como funciona o inDrive para passageiro e motorista

Antes de qualquer coisa, vamos começar recapitulando a sistemática do inDrive, principalmente como ele funciona. Para o passageiro, o inDrive não tem taxas adicionais: cada um pagará, seja em dinheiro, seja por Pix, seja por cartão de crédito ou débito, o valor exato mostrado no aplicativo.

O passageiro pede uma corrida, o inDrive apresenta um valor mínimo, os motoristas mais próximos apresentam o seu preço. Depois de apresentado o preço, o passageiro tem alguns segundos para decidir aceitar ou não o valor cobrado pelo motorista.

Analisando os valores barganhados pelo inDrive, percebemos que, do ponto de vista do passageiro, o valor final chega a ser em média, de 15 a 20% mais barato do que na Uber. Mas, com o passar do tempo, o inDrive está cada vez mais equiparado em preço aos seus concorrentes.

Mas isso não é uma regra, pois há determinadas horas do dia em que os valores chegam a ser bem próximos dos outros apps (Uber, principalmente), variando de 3 e 7%, apenas.

Do lado do motorista, o inDrive intermedeia o percurso solicitado, mas cobrará no final uma taxa de serviço. Você pode saber o valor dessa taxa no nosso artigo.

inDrive aceita cartão de crédito e débito

No ato da solicitação de veículo, o passageiro pode escolher uma forma de pagar pelo serviço diretamente no aplicativo. Ou seja, o valor combinado, após a negociação toda, será pago nas seguintes modalidades:

  • Dinheiro – direto com o motorista;
  • Maquininha de cartão (nesse caso, pode ser débito ou crédito) – direto com o motorista;
  • Pix – peça o QRcode ou chave ao motorista; e
  • Cartão de crédito – que deve ser previamente cadastrado no aplicativo.

Vai ser justamente no momento da finalização da corrida que o pagamento será feito. Além de cartão de débito ou crédito, o passageiro pode acertar pagamento por Pix, QRcode ou transferência convencional.

Do ponto de vista do passageiro, a única opção ainda não existe no inDrive (até o fechamento deste artigo) é o pagamento com saldo em conta. Do ponto de vista do motorista, há a opção de conta para recebimentos.

Isso ocorre porque o aplicativo de passageiros ainda não evoluiu para o formato similar ao de “banco digital”, como já acontece na 99 e na Uber.

Como cadastrar o cartão de crédito no app do inDrive

O primeiro passo para cadastrar seu cartão no inDrive é pedir uma corrida (com partida e destino). Nessa etapa, a tela abaixo se abre (pode variar conforme atualizações do app):

Como cadastrar cartão de crédito ou débito no inDrive
Como cadastrar cartão de crédito ou débito no inDrive. Foto: Clube INdriver.

No segundo passo, você terá que informar seu CPF e sua data de nascimento, nesta tela:

Segundo passo para cadastrar o cartão no aplicativo inDrive
Segundo passo para cadastrar o cartão no aplicativo inDrive. Foto: Clube INdriver.

Depois disso, preencha todas as telas que se abrirem, informando, inclusive os dados do seu cartão (seja ele físico ou virtual). Pronto, você estará apto a pagar com cartões no inDrive.

Se tiver dúvidas, principalmente os motoristas parceiros, consulte o link oficial de instruções do inDrive sobre essa funcionalidade.

Não consigo inserir meu cartão no inDrive. O que faço?

Se algum erro acontecer, a tela congelar ou algo travar nessa etapa de informação do CPF e da data de nascimento, fique tranquilo, porque é momentâneo. Você pode tentar novamente mais tarde ou dentro de alguns dias.

De acordo com a assessoria do inDrive, o serviço de inclusão dos cartões na plataforma está sendo implementado aos poucos. Como ainda está na fase de testes, a funcionalidade vai chegar em cada cidade de forma paulatina.

A empresa começou a testar a função em maio de 2023, em uma cidade do estado de Minas Gerais. Outras 12 cidades foram inseridas no teste em junho e julho de 2023. A partir de agosto de 2023, outros municípios terão esse adicional de pagamento, e assim por diante.

Como se cadastrar no inDrive

A forma de aderir ao sistema inDrive é a mesma, independente do nicho de mobilidade escolhido. Tudo é feito pelo aplicativo, assim como acontece com os concorrentes Uber, 99, Maxim, Lady Driver e outros.

O motorista interessado deve, logo após instalar o aplicativo, clicar no modo motorista. Mas ele pode alterar para o modo passageiro sempre que desejar.

É no modo motorista que ele fará o cadastro. Nesse momento, terá que fornecer documentos importantes, como:

  • Foto pessoal;
  • Foto do veículo;
  • CRV (Certificado de Registro do Veículo);
  • Carteira de motorista com EAR; e
  • Certidão de antecedentes criminais, foto de conta válida em outro aplicativo de transporte ou licença para taxista.

Prosseguindo em seu cadastro, o motorista deve enviar mais detalhes sobre seu veículo. Sua foto é sempre obrigatória, enquanto que a do passageiro, não é.

Estando tudo certinho e ele começando a trabalhar, terá que aceitar as condições estabelecidas. Entre essas condições, está a taxa obrigatória, por volta de 9,5%, mas esse percentual é variável, dependendo das circunstâncias ou promoções.

Artigo atualizado em 11 de agosto de 2023, 12:33.

Alberto Vicente (DRT-5272-BA) é formado em Letras (UEFS) e desde 1997 vem acumulando experiência na redação de textos para blogs e sites.

    tem 187 posts e contando. Ver todos os posts de

    2 thoughts on “inDrive aceita cartão de crédito, débito e até Pix; veja como pagar

    • 24/07/2023 em 8:20 pm
      Permalink

      Para que torne um aplicativo ainda mais usado e passe uma maior segurança aos clientes o Indriver precisa URGENTEMENTE mudar a forma de pagamento, pois é muito mais seguro cadastrarmos o cartão no aplicativo e pagarmos ao solicitar a varrida como no Uber que levar o cartão em mãos. Outra dúvida: O que devemos fazer caso o motorista no final da corrida queira cobrar outro valor diferente do acordado?

      Resposta

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *